cd-da-federacao-de-patinagem-interdita-parque-das-tilias-por-um-jogo

Desporto

CD da Federação de Patinagem interdita Parque das Tílias por um jogo

2 min. 07.03.2018

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação de Patinagem de Portugal (FPP) puniu o Riba d’Ave Hóquei Clube (RAHC) com a interdição do Parque das Tílias por um jogo, na sequência do processo de inquérito instaurado depois de alguns incidentes ocorridos durante o jogo entre Juventude Pacense e o clube ribadavense, disputado a 11 de novembro de 2017 e respeitante à 7.ª jornada da 2ª Divisão Nacional – Zona Norte, que terminou com uma vitória (2-6) da equipa liderada por Hugo Azevedo.

Na base desta decisão estão os episódios ocorridos nos instantes finais da partida, nomeadamente a invasão da pista por parte de alguns adeptos, na sequência “do rebentamento de um petardo, quando faltavam cumprir 15 segundos para terminar a 2ª parte”, lê-se no relatório da equipa de arbitragem.  

Face ao ocorrido, o CD da FPF decidiu instaurar um processo de inquérito para averiguar o que esteve na origem dos incidentes e, para tal, pediu esclarecimentos junto da dupla de arbitragem e de dirigentes das duas equipas envolvidas, testemunhos que viriam a revelar-se decisivos para o apuramento dos factos.

A decisão do CD causou muita indignação ao clube ribadavense, que optou não apresentar recurso. Em comunicado assinado pelo presidente Rui Santos, o clube julga que esta decisão do CD “foi suportada em toda uma panóplia de mentiras e omissões, baseada inclusivamente nos inacreditáveis e indesculpáveis testemunhos da dupla de arbitragem e dos dirigentes da Juventude Pacense”.

A direção do RAHC revela ainda alguma surpresa pelo facto de a Juventude Pacense ter sido ilibada neste processo, tendo em conta o facto de, defendem os ribadavenses, “o delegado ter invadido o terreno de jogo e obrigado à interrupção do jogo”.

A acompanhar o comunicado, o clube apresentou um vídeo no qual, sustenta o RAHC, serve para “provar precisamente o contrário daquilo que nos tentam imputar no acórdão do CD”.

O RAHC considera ainda ter servido de “cobaia para inovações disciplinares em Portugal”, frisando que esta decisão “mais não serve do que adensar todo este manto de suspeição sobre as verdadeiras pretensões dos senhores que dirigem o hóquei patins em Portugal”.

Face ao castigo, o RAHC já informou que o jogo do próximo sábado, frente ao CD Póvoa, irá realizar-se no Pavilhão Municipal de Famalicão, a partir das 15h30.

Pub - Ulahlah - 250-1
Porminho - 250
Opinião Pública - 250

Diário

opiniao-publica
Zoom Out - 250
ASCouto - 250
Pub - Cristina - 250-2

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.