meios-de-vigilancia-da-floresta-em-alerta-maximo-em-famalicao

Notícias

Meios de vigilância da floresta em alerta máximo em Famalicão

2 min. 28.06.2018

Famalicão apresentou hoje o dispositivo de defesa e vigilância da floresta

A Câmara Municipal, em conjunto com a Proteção Civil, as corporações de bombeiros e a GNR avança domingo, dia 1 de julho com a intensificação da vigilância da floresta do concelho.

No terreno estão todos os meios em alerta máximo, com a ajuda de 15 homens que andarão constantemente pelas florestas do concelho a detetar focos de incêndio.

Para além disso, e depois da tragédia do ano passado, foram reforçados todos os meios de prevenção, nomeadamente com a aquisição de uma bio-trituradora, uma retroescavadora e outro material para a limpeza da mata.

Tal como explicou o vereador da Proteção Civil este ano foram dados passos diferentes, conseguindo, ao contrário de muitas autarquias, uma poupança de verbas. Ricardo Mendes elogiou o trabalho de todas as forças envolvidas.

No que diz respeito aos meios, este ano há uma novidade. Vai ser feito um teste no posto de vigia de Santa Catarina com um dispositivo eletrónico que vai substituir o meio humano. Tal como sublinhou o vereador, para já é apenas um primeiro passo, que só depois de atingir objetivos concretos será levado avante.

O posto de vigia de Santa Catarina, Calendário, é um dos três existentes no concelho, sendo que os outros dois ficam localizados nas freguesias de Requião e Jesufrei.

Ricardo Mendes avançou ainda que em Famalicão a limpeza das matas e terrenos funcionou e que os famalicenses cumpriram a lei:

Os meios foram reforçados num período que começa domingo, dia 1 de julho, e que se prolonga até 31 de setembro.

1 / 0
Norte2020 - 250
Opinião Pública - 250
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.