casal-que-realizava-falsos-peditorios-condenado-a-prisao

Notícias

Casal que realizava falsos peditórios condenado a prisão

1 min. 17.07.2018

Um casal foi condenado, esta terça-feira, pelo tribunal de Guimarães a quatro anos e seis meses de prisão, por ter montado um esquema de angariação de donativos em nome de associações fictícias, com histórias de crianças doentes a necessitar de tratamento no estrangeiro.

Segundo o Jornal de Notícias, Hélder e Cátia Fonseca terão ainda de pagar 262,075 mil euros ao Estado. Um outro arguido, de nome Abílio, foi condenado a três anos de prisão, com pena suspensa, e terá de pagar 6050 euros. Este arguido, um antigo cobrador dos serviços de distribuição de água, seria o responsável por recolher os donativos.

No total, o casal conseguiu cerca de dez mil doações, entre 2010 e 2017, e o tribunal deu como provado que conseguiu apropriar-se de cerca de 316 mil euros ao longo de sete anos em que colocaram em prática o esquema.

Em tribunal, o casal acabou mesmo por confessar o esquema, apesar de ter ficado surpreendido com o valor referido pela acusação.

1 / 0
Opinião Pública - 250
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.