numero-de-animais-abandonados-aumenta-em-portugal

Notícias

Número de animais abandonados aumenta em Portugal

1 min. 17.08.2018

A Ordem dos Veterinários alertou esta sexta-feira para o aumento de animais abandonados e realojados em centros de recolha, admitindo estar preocupada com a entrada em vigor da lei que proíbe o abate de animais errantes.

De acordo com a Ordem liderada por Jorge Cid, registou-se, em 2017, um aumento de 22% no número de animais abandonados, face ao ano anterior, sendo que, este ano, já foram recolhidos 14.000 animais.

"O número de abandonos em Portugal contínua a ser muito expressivo, realidade que deixa a Ordem dos Médicos Veterinários apreensiva face à capacidade dos Centros de Recolha Oficiais para acolherem e tratarem estes animais", referem os veterinários em comunicado divulgado na véspera do Dia Internacional do Animal Abandonado, que se assinala amanhã, sábado.

Para os veterinários, o problema deverá agravar-se quando, daqui a cerca de um mês, entrar em vigor a lei que proíbe o abate de animais errantes como forma de controlo da população.

O bastonário dos veterinários lembra que a Ordem lançou um cheque-veterinário "para ajudar a resolver este problema e garantir o cumprimento da lei com o necessário apoio da classe médico-veterinária".

O cheque-veterinário serve para apoiar os municípios a cuidar de animais abandonados sem os abater, mas também os centros de recolhimento e até famílias carenciadas.

1 / 0
À conversa com... Quim
Pub - Ulahlah - 250-1
Opinião Pública - 250

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.