alegado-ato-criminoso-provoca-descarga-no-rio-este

Notícias

Alegado ato criminoso provoca descarga no Rio Este

1 min. 24.08.2018

A AGERE, empresa municipal que gere a água e saneamento de Braga, denunciou um ato criminoso que provocou, ontem, quinta-feira, uma descarga de águas residuais no Rio Este, salientando que a situação já se encontra normalizada.
Em comunicado, aquela empresa municipal refere que o alerta foi dado por vários cidadãos, que deram conta da “obstrução do coletor de Saneamento de Águas Residuais junta à Rua do Vilar em Este S. Mamede, provocando esta situação a descarga de águas residuais no Rio Este”.
Segundo a AGERE, aquela situação “resultou de um ato deliberado e criminoso de vandalismo de alguém que ostensivamente colocou sacos de areia na conduta, provocando deste modo o retorno do efluente e originando o transbordo do mesmo para a linha de água.
No terreno não se identificou o autor desta ação e a AGERE irá efetuar uma participação criminal contra terceiros”, adianta o comunicado.

Para minimizar o impacto deste ato, a AGERE mobilizou uma série de meios para escoamento e de limpeza. No terreno estiveram a Proteção Civil, Bombeiros Voluntários de Braga, Bombeiros Municipais de Braga e Bombeiros Famalicences, num total de 10 viaturas e 20 operacionais. 

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
Opinião Pública - 250
À conversa com... Quim

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.