Grupo Ricon pode estar à beira da falência com 800 empregos em risco

Informação

Grupo Ricon pode estar à beira da falência com 800 empregos em risco

1 min. 07.12.2017

O grupo Têxtil Ricon, com fábricas em Ribeirão e Fradelos, apresentou-se à insolvência esta semana, no Tribunal de Famalicão.

O jornal de Negócio adianta hoje, na sua edição online, que esta gigante têxtil de Famalicão está em processo de insolvência, depois de falhar os acordos com a banca, com o grupo internacional Gant e com “eventuais novos investidores”.

O grupo que detém a rede de lojas Gant em Portugal emprega quase 800 trabalhadores e faturou perto de 50 milhões de euros no ano passado.

Em causa estarão as sociedades na área da distribuição, como a Delveste – que detém a rede lojas Gant no país – e também as unidades têxteis, como a Ricon Industrial, a Fielcon, a Delos e a Delcon, que trabalham em regime de subcontratação para várias marcas internacionais. O grupo Gant era o principal cliente destas fábricas e absorvia cerca de metade da produção.

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.