escolas-de-todo-o-pais-sem-video-vigilancia

Notícias

Escolas de todo o país sem vídeo vigilância

1 min. 01.09.2018

Mais de mil escolas de todo o país estão sem vídeo vigilância. O contrato que o Estado celebrou com a empresa que faz o serviço de monitorização e alarme caducou na sexta-feira, dia 31 de agosto, mas o contrato que o vai substituir ainda não está pronto, avançou hoje o Jornal de Notícias.

O Ministério da Educação confirma que o novo concurso de vídeo vigilância das escolas só foi promovido há cerca de duas semanas, estando a decorrer os trâmites legais para a sua conclusão. O Ministério acrescenta que as empresas que concorreram apresentaram um preço mais alto que o preço base fixado, estando a decorrer o período de audiência prévia.

O JN diz que são mais de mil os estabelecimentos de ensino afetados, do 2.º e 3.º ciclo ao ensino secundário. O Ministério da Educação refere que a vídeo vigilância funciona apenas em períodos que não há pessoas nas escolas e acrescenta que as câmaras não estão desligadas, embora o serviço de monitorização e alarme, que é feito de forma remota, está suspenso até à renovação do respetivo contrato.

 

1 / 0
Opinião Pública - 250
À conversa com... Quim
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.