loja-dos-ctt-de-riba-de-ave-em-risco-de-fechar

Notícias

Loja dos CTT de Riba de Ave em risco de fechar

1 min. 02.01.2018

Os CTT preparam-se para fechar 22 lojas dos Correios em todo o país, a maioria das quais na Grande Lisboa e Grande Porto.

Segundo o que é avançado no site do JN/Dinheiro Vivo uma dessas lojas será a da vila de Riba de Ave.

A informação já terá sido confirmada junto da Comissão de Trabalhadores, sendo que, até ao momento, não foi possível obter um comentário da empresa.

O fecho de um número indeterminado de lojas não rentáveis estava previsto no plano de reorganização da empresa liderada por Francisco Lacerda que prevê a saída de 800 trabalhadores entre 2018-2020. Com estes encerramentos poderão estar em causa cerca de quatro dezenas de postos de trabalho.

“Deu esta terça-feira entrada nos serviços da Comissão de Trabalhadores um pedido de parecer para o encerramento de 21 lojas, depois de na semana passada ter sido feito o pedido de parecer para o encerramento de uma loja [Arco da Calheta, Madeira]”, confirmou José Rosário, coordenador da Comissão de Trabalhadores dos CTT, em declarações ao Dinheiro Vivo.

As lojas em causa são: Socorro, Junqueira, Filipa de Lencastre, Olaias (Lisboa), Camarate (Loures), Aldeia de Pai Pires (Seixal), Lavradio (Barreiro), Alpiarça (Santarém); Alferrarede (Abrantes), Asprela, Areosa, Galiza (Porto); Riba d’Ave (Vila Nova de Famalicão), Termas de São Vicente (Penafiel), Paços de Brandão (Santa Maria da Feira), Freamunde (Paços de Ferreira), Araucare (Vila Real), Universidade (Aveiro) e Barrosinhas (Águeda).

1 / 0
Opinião Pública - 250
Pub - Ulahlah - 250-1
À conversa com... Quim

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.