ryanair-arrasada-por-nao-expulsar-passageiro-racista-de-aviao

Notícias

Ryanair arrasada por não expulsar passageiro racista de avião

2 min. 22.10.2018

A violência das palavras que um passageiro dirigiu a uma mulher de raça negra que estava sentada ao seu lado espoletou uma onda de indignação nas redes sociais, onde a companhia aérea de baixo custo está a ser arrasada, não só por não ter expulsado o homem responsável pelo incidente, como por ter mudado a vítima de lugar.

"Sua preta, feia, desgraçada" e "não fale comigo numa língua estrangeira" foram algumas das frases empregues pelo indivíduo para atacar a passageira, que falava inglês com sotaque jamaicano, escreve o britânico "The Guardian".


O momento foi filmado por um passageiro que seguia no avião, o britânico David Lawrence, e replicado na Internet. No vídeo, é possível ver o homem a insistir com a mulher para que se mova rapidamente, de forma a dar-lhe dar passagem. A filha da passageira explica, entretanto, que a mãe tem uma deficiência que a impede de se deslocar com mais rapidez, mas o homem responde que "não quer saber" e começa a atirar uma série de insultos, nomeadamente racistas, contra a mulher de 77 anos, insistindo para que mude de sítio: "Se não vais para outro lugar, eu empurro-te até outro lugar".

A mulher acaba por responder que o homem "cheira mal" e que "precisa de tomar banho", acabando por pedir para ser mudada de lugar, para poder sentar-se à beira da filha.

A maioria dos comentários sobre o caso nas redes sociais critica, além da atitude do homem, a passividade da tripulação, que não expulsou o homem nem o entregou às autoridades. A companhia aérea, criticada por não ter mostrado mão firme, participou o incidente à polícia de Essex, segundo comunicou no Twitter.

 

Ler mais em JN.pt

 

1 / 0
Opinião Pública - 250
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.