dois-avioes-estiveram-perto-de-colidir

Notícias

Dois aviões estiveram perto de colidir

2 min. 29.10.2018

Dois aviões, que cruzavam o espaço aéreo de Espanha, estiveram em risco de chocar no início de outubro. Os sistemas anticolisão dos dois aparelhos foram ativados quando estavam a apenas 122 metros de distância vertical.

Muito provavelmente os passageiros que seguiam a bordo do voo da Ryanair, que partiu de Santiago de Compostela com destino a Palma de Maiorca, nem deram conta do risco que correram. O incidente aconteceu no dia 2 de outubro e é agora revelado pelo jornal "La Voz de Galicia".

Os sistemas de alerta anticolisão atingiram o nível máximo quando o aparelho voava sobre Pamplona. Um outro avião da Ryanair, que realizava a rota Sevilha-Toulouse, entrou no seu espaço de segurança.

Os dois aparelhos - dois Boeing 737-800-, estiveram a apenas quatro quilómetros de distância horizontal e a 122 metros de distância vertical. Os dados são apresentados num inquérito da Comissão de Investigação de Acidentes e Incidentes Aéreos (Ciaic), a que o jornal galego teve acesso.

O incidente é classificado como grave por parte deste organismo independente, que está administrativamente vinculado ao Ministério do Desenvolvimento, e poderá mesmo ser alvo de uma investigação mais profunda para se conhecer em que circunstâncias ocorreu.

As duas aeronaves estavam em contacto com o centro de controlo aéreo de Madrid. "Durante o voo, os sistemas anticolisão foram ativados nos dois aviões, executados pelas respetivas tripulações. Depois de resolvido o problema, os dois aparelhos seguiram até ao destino sem qualquer problema", pode ler-se no relatório.

O sistema anticolisão está em funcionamento desde os anos 80 e fornece dados de distância, direção e altitude dos aviões, dando ainda informação relacionada com o espaço aéreo mais próximo dos aparelhos. Em casos de abordagem de risco, o sistema alerta os tripulantes para que corrijam a sua posição vertical. Um dos aviões tem que subir e outro descer, tal como aconteceu neste caso.

"Nenhuma das aeronaves sofreu danos nem houve feridos", pode ler-se no relatório.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
ArtSofá 250x250

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.