famalicao-sem-loja-do-cidadao-em-2019

Notícias

Famalicão sem Loja do Cidadão em 2019

2 min. 19.11.2018

Afinal, não será em 2019 que Famalicão vai ter Loja do Cidadão. No próximo ano, o Governo prevê a abertura de sete Lojas de Cidadão, mas nesse lote não consta a de Famalicão. Isso mesmo confirmou o deputado famalicense Jorge Paulo Oliveira, no decorrer do debate do Orçamento do Estado (OE) para 2019, que, em nota à imprensa, diz que o Governo “falta estrondosamente à sua palavra”.

O deputado social-democrata levou ao debate na especialidade do OE, a instalação da Loja de Cidadão de Famalicão. Na audição parlamentar à ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, ocorrida na terça feira da semana passada, o deputado famalicense começou por recordar que, apesar de a mesma estar protocolada desde junho de 2015, de existir um espaço arrendado para o efeito desde o final daquele ano e de este ter sido validado por todos os serviços públicos a instalar, o Governo, ao definir o calendário da abertura destes espaços, atirou a valência famalicense para um segundo plano, ou seja para 2018/ 2019.

Depois Jorge Paulo Oliveira questionou diretamente a ministra sobre se a loja de Famalicão estava incluída das sete lojas a instalar em 2019.

A resposta surgiu do secretário de Estado Adjunto e da Modernização Administrativa, Luís Goes Pinheiro, que esclareceu que as sete Lojas de Cidadão a abrir em 2019 serão escolhidas dentro deste restrito grupo:  Abrantes, Alcobaça, Alvaiázere, Castelo de Paiva, Lisboa III, Pedrogão Grande, Pombal, Ribeira de Pena, Sintra (Algueirão / Mem Martins) e Vila Velha de Ródão.

“Não restam dúvidas que a Loja de Cidadão de Famalicão não será uma realidade no próximo ano. O Governo, depois de ter suspendido o avanço desta valência no ano de 2016, adiando-a para 2019, falta estrondosamente à sua palavra”, conclui o deputado famalicense.

Para Jorge Paulo Oliveira, “a falta de investimento do Governo nos serviços públicos estatais existentes no concelho vai continuar”, como sejam “a falta de condições das instalações da Conservatória do Registo Civil ou o caos que se vive frequentemente no Serviço Local da Segurança Social”.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
Opinião Pública - 250
À conversa com... Quim

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.