Emigrante famalicense assassinada em França

Informação

Emigrante famalicense assassinada em França

1 min. 01.09.2017

Uma emigrante portuguesa, natural de Famalicão, foi ontem assassinada com várias facadas na sua própria casa, em França. Terá sido morta pelo irmão, que ainda feriu dois familiares.

Segundo o JN, uma disputa familiar terá estado na origem da tragédia

Iria Correia tinha 37 anos e casa em Delães. Em França, vivia em Prévessin-Moëns, junto à fronteira com a Suíça. Era casada e mãe de quatro filhos menores, entre eles um bebé de poucos meses.

Os dois feridos terão sido a sogra, que está em estrado grave, e um dos filhos de Iria, de 17 anos, que sofreu ferimentos ligeiros.

O suspeito, Cristiano Azevedo, que, segundo a imprensa local terá 27 anos e era irmão de Iria por parte da mãe, ainda fugiu a pé e atravessou a fronteira para o lado suíço, mas acabaria por se entregar à Polícia de Genebra.

Iria emigrara de Delães com o irmão para França há cerca de seis anos, viúva e com dois filhos. Voltou a casar com um emigrante da zona de Viseu.

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.