relatorio-de-sustentabilidade-de-famalicao-apresentado-hoje

Notícias

Relatório de Sustentabilidade de Famalicão apresentado hoje

2 min. 26.11.2018

O diretor da Cooperação para o Desenvolvimento da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico), Jorge Moreira da Silva, está hoje em Famalicão para a apresentação do Relatório de Sustentabilidade e Responsabilidade Social (RSRS) do município.

O famalicense, que ocupou o cargo de ministro do Ambiente no Governo de Passos Coelho e que se tem vindo a destacar pelo trabalho desenvolvido como consultor de organizações internacionais na área da energia e ambiente, vai explicar a importância do documento e o seu contributo para a sustentabilidade e responsabilidade social.

A sessão vai decorrer no Centro de Estudos Camilianos, em S. Miguel de Seide, e conta também com a presença do presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha.

Elaborado pela primeira vez na autarquia famalicense, o RSRS pretende “dar a conhecer a atividade municipal de uma forma integrada e global evidenciando o seu contributo para a promoção da sustentabilidade e da responsabilidade social no território, dando conta do que está a ser feito e como está a ser feito, onde são investidos os recursos do município e como se está a cumprir o plano estratégico delineado”, segundo refere a autarquia.

Para o presidente da Câmara Municipal trata-se de um “documento essencial para a saúde democrática, no âmbito de uma política de transparência, compromisso e responsabilidade”. E sublinha: “O nosso compromisso com o presente é muito sério e determinado, mas não o é menos com o futuro. O conceito de sustentabilidade é para isso mesmo que remete, para a superação das necessidades atuais dos cidadãos, sem comprometimento do futuro das próximas gerações.”

Uma das novidades do documento é a equiparação da atividade municipal com os padrões internacionais e com as grandes metas, desafios e compromissos internacionais. Na senda deste desafio, a Câmara de Famalicão recorreu aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, fixados pela ONU em 2015 e que constitui a nova Agenda de Ação até 2030.

O relatório com cerca de 150 páginas, assenta em três áreas de desenvolvimento: económico; ambiental e social, sendo que a governança surge como elemento de união.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
À conversa com... Quim
Opinião Pública - 250

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.