empresario-de-famalicao-detido-por-fraude-com-fundos-comunitarios

Notícias

Empresário de Famalicão detido por fraude com fundos comunitários

2 min. 12.12.2018

A Polícia Judiciária realizou hoje 35 buscas nos concelhos de Famalicão, Santo Tirso, Guimarães, Maia, Braga e Vila do Conde e deteve cinco pessoas, todos empresários. Em causa estão crimes de associação criminosa, fraude na obtenção de subsídio, fraude fiscal qualificada, branqueamento, recebimento indevido de vantagem e participação económica em negócio.

A Polícia Judiciária refere, em comunicado, que os detidos, quatro homens e uma mulher, são empresários entre os 38 e 73 anos e estão “fortemente indiciados” dos crimes em causa. A polícia cumpriu 35 buscas, domiciliárias e não domiciliárias, e cumpriu mandados de detenção. 

São, no total, dez arguidos, entre os quais os cinco detidos.

A RTP avança que o líder do esquema é o empresário Sérgio Pimenta, de Famalicão. Foi detido, tal como a sua mulher e o pai dele. Os outros dois arguidos são os "testas de ferro". Os restantes arguidos são duas pessoas da Câmara de Santo Tirso e outros três "testas de ferro".

Em causa está um esquema que visou a criação de empresas fantasmas com o objetivo de emissão de faturas fictícias para obtenção de fundos comunitários.

No decurso da operação policial, foram apreendidas várias viaturas, equipamentos informáticos e telemóveis, além de documentação de natureza contabilística e fiscal.

Os detidos vão ser presentes às no Tribunal Central de Instrução Criminal, em Lisboa, para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.