famalicao-gnr-apanha-grupo-que-vendia-retroescavadoras-furtadas

Notícias

Famalicão: GNR apanha grupo que vendia retroescavadoras furtadas

2 min. 13.12.2018

A GNR identificou seis homens, em Vila Nova de Famalicão e em Santarém, no sul do país, ontem, por furto de máquinas industriais pesadas, incluindo retroescavadoras, que eram posteriormente enviadas para Amesterdão, na Holanda, para serem comercializadas em países do médio oriente e em África, informou hoje aquela força de segurança.

Os furtos ocorreram na zona norte do país, tendo a primeira ocorrência sido registado no concelho de Vieira do Minho. No âmbito de uma investigação levada a cabo pelo Núcleo de Investigação Criminal da Póvoa de Lanhoso, desde início em outubro de 2017, foram realizadas sete buscas domiciliárias às residências dos suspeitos, e 27 não domiciliárias, nomeadamente em anexos, garagens e veículos.

Esta ação culminou na apreensão uma arma de fogo, tipo “shotgun”, dois detetores de sinais GPS/GSM, quatro comandos de alta frequência, um computador portátil, várias placas VIN (número de identificação/marca de segurança) de máquinas retroescavadoras e um detetor de metais.

A GNR apreendeu ainda droga (30 doses de haxixe) e 28 telemóveis, assim como 32 450 euros em numerário e uma máquina de contar notas.

Segundo a GNR, cinco dos suspeitos têm antecedentes criminais por falsificação de documentos, fraude fiscal, furto qualificado, abuso de confiança, coação e burla qualificada.

Os suspeitos, com idades entre 21 e 65 anos, foram constituídos arguidos e sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência, sendo que quatro dos arguidos serão presentes no Tribunal Judicial de Vila Verde, no dia 14 de dezembro, sexta-feira, para primeiro inquérito judicial.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.