medicos-de-familia-vao-receitar-termas-comparticipadas

Notícias

Médicos de família vão receitar termas comparticipadas

1 min. 31.12.2018

Os tratamentos termais vão passar a fazer parte do Serviço Nacional de Saúde (SNS) a partir do primeiro dia de 2019, ano em que passarão a ser receitados pelo médico de família e voltam a ser comparticipados. Segundo avança o Jornal de Notícias desta segunda-feira, a portaria da responsabilidade da Secretaria de Estado da Saúde e da Secretaria de Estado do Turismo define também o valor máximo da comparticipação por utente e por conjunto de tratamentos (35% ou 95 euros), bem como as patologias aceites.

Até 2011, os tratamentos termais eram comparticipados pelo SNS em regime livre, mas estavam na mesma categoria de tratamentos comparticipados no privado, o que ditou o corte abrupto pela austeridade da troika. Na altura, o valor máximo comparticipado por tratamento era de 55 euros.

 

Ler mais em jn

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.