ordem-considera-que-contratacao-de-450-enfermeiros-e-insuficiente

Notícias

Ordem considera que contratação de 450 enfermeiros é insuficiente

1 min. 06.01.2019

A bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco, considerou positiva a contratação de 450 destes profissionais para hospitais públicos, mas afirma que o número é insuficiente e que a medida é uma reação do Governo à "situação caótica vivida nas urgências".

"Ela [a medida] é boa, evidentemente. Agora, não nos podemos esquecer de que estavam em falta, só por causa da questão da passagem para as trinta e cinco horas, mais setecentos enfermeiros que tinham sido na altura combinados, entre o ministro [da Saúde] Adalberto [Campos Fernandes] e o ministro das Finanças, em outubro, que não chegaram a ser contratados", recordou Ana Rita Cavaco, em declarações à agência Lusa.

Além deste compromisso não concretizado, a bastonária da Ordem dos Enfermeiros (OE) lembrou que Portugal, em termos internacionais, "tem dos mais baixos rácios" dos países da OCDE -- Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico: 4,2 enfermeiros por 1.000 habitantes quando a média na OCDE é de 9,3.

Para Ana Rita Cavaco, esta decisão da tutela é também uma reação à "situação caótica" que se verifica em urgências de hospitais do país, devido à época gripal.

Ler mais em JN

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
ArtSofá 250x250

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.