parlamento-discute-legalizacao-da-canabis-para-fins-recreativos

Notícias

Parlamento discute legalização da canábis para fins recreativos

1 min. 17.01.2019

A legalização da canábis para uso recreativo é debatida esta quinta-feira no Parlamento, com BE e PAN a apresentarem projetos de lei idênticos, discordando apenas quanto aos locais de venda.

O Bloco de Esquerda defende que a venda deve ser feita em estabelecimentos licenciados para o efeito, , enquanto o PAN considera que a venda "deve ocorrer exclusivamente em farmácias.

Na semana em que foi publicada a regulamentação da lei da canábis para fins terapêuticos, aprovada em julho passado, os deputados voltam a discutir a questão, agora para legalizar a droga para uso pessoal e não medicinal, permitindo mesmo o autocultivo.

Os projetos não são consensuais. O bastonário da Ordem dos Médicos diz que a instituição tem de tomar uma posição, pelo impacto da medida na saúde. Já a Associação de Estudos Sobre Canábis considera que a legalização seria "um grande passo" para combater o crime organizado.

Os dados do último inquérito nacional indicam que um em cada 10 portugueses já consumiu canábis pelo menos uma vez na vida e que há uma tendência para aumento, sobretudo entre os portugueses que têm hoje entre 25 e 44 anos.

Caso os projetos sejam aprovados Portugal será o terceiro país do mundo com a legislação mais permissiva, depois do Uruguai e do Canadá.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.