industria-metalomecanica-cresce-em-famalicao

Notícias

Indústria metalomecânica cresce em Famalicão

1 min. 26.01.2018

O sector metalomecânico tem um peso considerável na economia de Famalicão e vem mantendo uma tendência de crescimento em indicadores como número de pessoas ao serviço e de empresas, volume de negócios e de exportações e valor acrescentado bruto.
Os dados macroeconómicos, divulgados recentemente pelo INE no Anuário Estatístico Regional 2016, revelam que as 283 empresas do setor existentes em 2015 no concelho tinham 2450 pessoas ao serviço (eram 2364 em 2014) e registaram um volume de negócios de 246 milhões de euros (216 milhões em 2014, mais 13%). As exportações foram de 151 milhões de euros (139 milhões em 2014, mais 9%) e o Valor Acrescentado Bruto de 75 milhões de euros (64 milhões em 2014, mais 9%).
Entre as metalomecânicas do concelho com tecnologia de vanguarda, estão a ROQ, principal fabricante mundial de máquinas de estamparia têxtil e reconhecida em 2017 como a empresa mais rentável do país no sector da produção de bens, e a AMOB, distinguida em 2016 por apresentar a melhor performance exportadora e de emprego criado.

Pub - Ulahlah - 250-1
Porminho - 250
Opinião Pública - 250

Diário

opiniao-publica
Pub - Cristina - 250-2
ASCouto - 250
Zoom Out - 250

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.