famalicao-celebra-aniversario-do-25-de-abril-com-programa-cultural

Notícias

Famalicão celebra aniversário do 25 de Abril com programa cultural

3 min. 11.04.2019

O Museu Bernardino Machado vai ser um dos principais palcos das comemorações em Famalicão do 45º aniversário do 25 de Abril, com um programa de iniciativas que pretendem, segundo a Câmara Municipal, evocar os valores de Abril, como a liberdade, a igualdade e a democracia.

Na véspera do Dia da Revolução, dia 24, o museu famalicense acolhe o espetáculo musical e teatral “Versos e Sons de Abril”, a cargo do músico André Silvestre e da fadista bracarense Carina Amarante. Será a partir das 21h00, com entrada livre. Já no dia 25, o museu recebe pelas 21h00 a apresentação do livro “O Rapaz Que Queria Aprender a Olhar”, uma obra sobre censura, da autoria do jornalista portuense Vítor Pinto Basto.

Mas as comemorações do 25 de Abril em Famalicão prolongam-se por outros espaços do concelho. No dia 22, segunda-feira, a escola artística “A Casa ao Lado” promove um atelier de artes plásticas intitulado “Abril e a Liberdade” para as crianças do ensino básico do concelho. 

No dia 24, pelas 17h30, o centenário do nascimento do advogado, escritor e político famalicense Armando Bacelar – prestigiado militante na Resistência contra o regime fascista – dá o mote para mais uma mesa redonda do ciclo de conferências “Conta-me a História”, que o Município de Famalicão tem vindo a promover à volta da sua história e das suas figuras mais proeminentes. A iniciativa terá lugar no Arquivo Municipal Alberto Sampaio e é de entrada livre.

Neste dia, nota ainda para a realização do sarau cultural “Abril, Abril”, às 21h30, no Centro Cultural e da Juventude de Joane, coorganizado pelo Grupo Musical Pedra D’Água e pela Associação Teatro Construção.

Para o dia 25, às 10h00, estão agendadas as habituais cerimónias protocolares, com o hastear da bandeira ao som do Hino Nacional nos Paços do Concelho e a realização da tradicional sessão solene da Assembleia Municipal comemorativa do 25 de Abril, com a intervenção dos vários partidos políticos.

Às 10h00, o Joannem Auditorium, em Joane, promove uma oficina de trabalhos manuais intitulada “Cravo, Flor da Liberdade”. As comemorações do 25 de Abril terminam com uma sessão da iniciativa “Noite do Conto e da Poesia” sob o tema “Liberdade”, às 21h30, na Junta de Freguesia de Bente.

Refira-se ainda que até ao dia 28 de abril, o Museu Bernardino Machado expõe “Voz do Silêncio – Prisões Políticas Portuguesas”, uma exposição fotográfica de Pedro Medeiros.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.