identificados-34-imigrantes-ilegais-a-trabalhar-em-empresas-concelhias

Notícias

Identificados 34 imigrantes ilegais a trabalhar em empresas concelhias

1 min. 15.02.2018

O Comando Territorial de Braga, através do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Barcelos, detetou, esta manhã, 34 imigrantes, em situação ilegal, a trabalhar em empresas nos concelhos de Famalicão e Trofa.

A GNR levou a cabo uma operação conjunta com o Serviço Estrangeiros e Fronteiras (SEF) de Braga e com a Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT), a qual visou vária empresas suspeitas de prestarem auxílio à emigração ilegal, nomeadamente, com origem em asiáticos, como o Paquistão e India.

Da operação resultou a identificação de 34 indivíduos de nacionalidade estrangeira, dos quais, dois foram detidos por permanência ilegal em território nacional, seis foram notificados para abandonar o país voluntariamente e os restantes foram notificados para comparecerem nos serviços do SEF de Braga para regularização da situação.

Os detidos vão ser presentes amanhã, dia 16 de fevereiro, no Tribunal Judicial de Famalicão.

Na operação estiveram envolvidos 20 militares da GNR, seis inspetores do SEF e dois inspetores da ACT

Porminho - 250
Pub - Ulahlah - 250-1
Opinião Pública - 250

Diário

opiniao-publica
Pub - Cristina - 250-2
ASCouto - 250
Zoom Out - 250

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.