agrupamento-de-escuteiros-de-ruivaes-luta-por-uma-sede-propria

Notícias

Agrupamento de Escuteiros de Ruivães luta por uma sede própria

1 min. 07.03.2018

Neste momento, o Agrupamento de Escuteiros de Ruivães está a reconstruir uma casa emblemática na freguesia de Ruivães, na Quinta de Rebordelo, que foi cedida pela Câmara Municipal, através de um contrato de comodato.

A reconstrução já está a decorrer há dois anos e de forma faseada, já que o núcleo não tem verbas próprias para terminar a obra. Conta, por isso, com a ajuda das empresas e dos populares. A Câmara também tem ajudado nas diversas fases da empreitada mas, neste momento, a obra está parada por falta de verbas.

 

antes CNE Ruivães

Antes da obra

 

depois CNE Ruivães 1

Depois da obra

Para terminar a obra, o agrupamento espera que os ruivanenses, empresas e freguesias vizinhas continuem a ajudar, sendo que sua a principal carência é a falta de espaço próprio. 

O orçamento para esta obra, que se espera que termine em 2020, ultrapassa os 100 mil euros, sendo que já tem um investimento de 50 mil.

O agrupamento nº 444 dos escuteiros de Ruivães existe desde 1974 e conta, neste momento, com 85 elementos.

1 / 0
À conversa com... Quim
Pub - Ulahlah - 250-1
Opinião Pública - 250

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.