fabrica-de-chocolates-casa-grande-utiliza-cacau-sustentavel

Notícias

Fábrica de Chocolates Casa Grande utiliza cacau sustentável

2 min. 05.04.2018

No âmbito de uma estratégia de sustentabilidade, a Fábrica de Chocolates Casa Grande obteve a certificação UTZ, sendo um membro certificado desde março. Tal certificação atesta que o cacau utilizado no processo de fabrico respeite as pessoas e o planeta de forma sustentável.

Esta certificação assegura igualmente que o cacau é aproveitado com métodos adequados de cultivo, condições de trabalho, cuidados com a natureza e tendo em conta a sustentabilidade para futuras gerações. Este tipo de cultivo permite também que os agricultores, os trabalhadores e as respetivas famílias cumpram as suas ambições sem comprometer os recursos ambientais.

Para João Pinho, diretor da Onebiz, a obtenção desta certificação é um marco importante para a empresa e “demonstra o compromisso com a sustentabilidade da produção agrícola e com o fornecimento responsável do cacau, ao qual acrescentamos a renúncia à escravatura humana em idades adulta ou infantil”. “Para além desta certificação, estamos a desenvolver na Casa Grande um programa denominado “No Child Labour”, que pretende denunciar todos os abusos humanos, em particular os de escravatura infantil”, referiu.

Ainda conforme João Pinho, “os objetivos de 2018 passam por recentrar a Casa Grande como marca genuína, em que os princípios e as boas práticas estão no centro do negócio”. “Queremos demostrar que é possível, a partir de Famalicão, que uma pequena fábrica de chocolates se torne uma referência nacional e internacional”, concluiu.

 

Fábrica de Chocolates Casa Grande e a aquisição pelo Onebiz

Fundada em 2009, em Famalicão, a Fábrica de Chocolates “Casa Grande” surgiu com o intuito de ser uma referência de qualidade no setor do chocolate, cujo processo produtivo vai desde o cacau até ao chocolate.

Adquirida recentemente pelo grupo Onebiz, a Casa Grande conta com quatro lojas próprias – nos aeroportos do Porto, de Lisboa, da Madeira e de Faro – e pretende ser uma referência no mercado do chocolate gourmet.

Porminho - 250
Pub - Ulahlah - 250-1
Opinião Pública - 250

Diário

opiniao-publica
ASCouto - 250
Pub - Cristina - 250-2
Zoom Out - 250

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.