o-fascismo-aqui-nunca-existiu-em-exibicao-na-casa-das-artes

Cultura

“O Fascismo (Aqui) Nunca Existiu” em exibição na Casa das Artes

1 min. 16.01.2018

“Que país era Portugal entre o final da 2ª Guerra Mundial em 1945 e o dia anterior à Revolução do 25 de Abril de 1974?” A resposta a esta questão está em “O Fascismo (Aqui) Nunca Existiu”, uma peça de teatro que vai estar em cena na Casa das Artes de Famalicão esta sexta-feira e sábado, dias 19 e 20 de janeiro.

A peça, uma criação da companhia de Teatro Art’Imagem em coprodução com o Teatro Aveirense, é um exercício de memória que faz o espectador recuar aos tempos de um país mergulhado na ditadura.

Esta peça é, neste sentido, o testemunho da personagem José sobre como foi viver em Portugal nessa época até à manhã de 25 de Abril de 1974.

A peça vai estar em cena no grande auditório da sala de espetáculos famalicense, com início marcado para as 21h30. Os bilhetes já se encontram à venda e têm o custo de 4 euros, reduzindo para metade para estudantes e portadores do Cartão Quadrilátero Cultural.

 

Fim-de-semana com os vimaranenses Toulouse

 A música faz também parte do programa da Casa das Artes para este fim-de-semana. No sábado, o café-concerto recebe os Toulouse, que se apresentam em Famalicão para apresentar o álbum de estreia – “Yuhng” – a confirmação da crescente maturidade desta jovem banda vimaranense.

 

Toulouse

 

O concerto está marcado para as 23h30 e os bilhetes têm o custo de 3 euros, reduzindo para metade para estudantes e portadores do Cartão Quadrilátero Cultural.

Pub - Ulahlah - 250-1
Opinião Pública - 250
Porminho - 250

Diário

opiniao-publica
ASCouto - 250
Zoom Out - 250
Pub - Cristina - 250-2

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.