liga-portugal-campeonatos-profissionais-sem-data-para-regressar

Desporto

Liga Portugal: campeonatos profissionais sem data para regressar

4 min. 23.03.2020

Após uma reunião esta segunda-feira de manhã, a Comissão Permanente de Calendários (CPC) esclarece que ainda não há condições para definir uma data em concreto para o reinício das competições.

SL Benfica, FC Porto, Sporting CP, CD Tondela, Gil Vicente FC, CD Cova da Piedade, Leixões SC e Mafra FC compõem a CPC e chegaram à conclusão que ainda não se pode aferir uma data para as competições profissionais (Liga NOS e Liga Pro) regressarem.

Os responsáveis reuniram-se, esta segunda-feira de manhã, por videoconferência, pedindo aos clubes para terem atenção e não apresarem o reinício dos treinos em conjunto.

COMUNICADO

"Num momento de uma delicadeza extrema para o nosso país, para a Europa e para o mundo, Nélson Puga, admite que tem sido uma espécie de "linha de saúde 24 do FC Porto", explica como é feito controlo do trabalho dos jogadores e deixa ainda o seu ponto de vista, enquanto profissional de saúde, acerca deste surto. "Há esperança", garante-nos, numa entrevista à Liga Portugal cheia de conteúdo e precauções a tomar.

 A Comissão Permanente de Calendários reuniu-se, na tarde desta segunda-feira, por videoconferência, para fazer novo ponto de situação sobre a evolução da COVID-19.

Assim, e contando com a presença de todos os clubes que integram a referida Comissão (SL Benfica, FC Porto, Sporting CP, Tondela, Gil Vicente, CD Cova da Piedade, Leixões e CD Mafra) e com os respetivos responsáveis clínicos e operadores televisivos, a Comissão Permanente concluiu o seguinte:

 - Perante o decretamento do atual estado de emergência e a evolução da atual situação em que vivemos ainda não se mostra possível aferir de uma data expectável para o regresso das competições;

 - Não obstante o estabelecido no Decreto 2-A/2020 da Presidência do Conselho de Ministros, de 20 março, 2020, a CPC reforça a recomendação a todas as equipas da suspensão dos treinos em grupo, assim como da promoção de uma conduta de contenção social de todos os agentes desportivos;

 - Continuar o permanente acompanhamento da evolução da situação do País e o escrupuloso cumprimento de todas as diretrizes definidas pelo Governo e pelas autoridades de saúde.

 A CPC mantém-se a acompanhar a situação, recorrendo aos entendimentos dos diversos departamentos médicos bem como de todos os demais desenvolvimentos em termos das diretrizes do Governo, da DGS e das indicações internacionais."

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
Auchan 250

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.