telemovel-durante-a-conducao-responsavel-pela-morte-de-129-pessoas

Notícias

Telemóvel durante a condução responsável pela morte de 129 pessoas

2 min. 20.04.2019

Choques frontais e despistes são os principais acidentes causados pelo uso do telemóvel durante a condução. A conclusão é do secretário de Estado da Proteção Civil.

“Leva-nos a considerar que a distração com o telemóvel estará a contribuir muito para este crescimento de número de acidentes e de vítimas mortais na estrada", declarou à agência Lusa José Neves, nesta sexta-feira.

Segundo a Secretaria de Estado da Proteção Civil, este ano (até quinta-feira passada, dia 18), já morreram 129 pessoas nas estradas portuguesas – menos uma morte do que em período homólogo de 2018 – e o telemóvel ao volante tem contribuído para aumento de vítimas.

À margem de uma ação de sensibilização e fiscalização no âmbito da Operação Páscoa 2019 da GNR, que decorreu esta sexta-feira junto às portagens dos Carvalhos, no Porto, o secretário de Estado da Proteção Civil admitiu estar preocupado com o facto de a redução de vítimas mortais nas estradas portuguesas em 2019 ser muito reduzida em relação ao ano de 2018.

"Daí que a Autoridade de Segurança Rodoviária, em conjunto com outras forças de segurança, esteja a desenvolver e a intensificar as ações de sensibilização e de fiscalização com uma presença quase permanente nas estradas portuguesas, em particular em locais com vítimas mortais", declarou José Neves, referindo que esta operação visa "sensibilizar" os automobilistas, mas por outro lado visa "fiscalizar e reprimir quem prevarica".

As ações de fiscalização sobre a segurança rodoviária têm também o objetivo de penalizar quem prevarica, mas sobretudo é sensibilizar e transmitir aos portugueses como devem evitar os comportamentos de risco, designadamente o uso de telemóvel ao volante, velocidade, falta de cinto de segurança ou o uso de substâncias alcoólicas e psicotrópicas.

 

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.