complemento-extraordinario-de-pensoes-minimas-e-pago-em-julho

Notícias

Complemento extraordinário de pensões mínimas é pago em julho

1 min. 22.06.2019

 O complemento extraordinário para pensões mínimas, previsto no Orçamento do Estado desde o início do ano, será pago em julho com retroativos a janeiro, avança a Agência Lusa.

O Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social salienta que "Os pagamentos do complemento extraordinário para pensões de mínimos serão efetuados no próximo mês de julho, com os correspondentes retroativos a 01 de janeiro de 2019”.

O pagamento será libertado tanto aos pensionistas que recebem pela Segurança Social como aos da Caixa Geral de Aposentações.

Estima-se que esta medida, prevista na Lei do Orçamento do Estado, deverá chegar a cerca de 35 mil pessoas por ano e terá um impacto da ordem dos 26 milhões de euros. Dados avançados pelo Ministro Vieira da Silva, em dezembro, na conferência de imprensa após uma reunião do Conselho de Ministros onde a medida foi aprovada.

Abrangidos pela medida estão os pensionistas cujo montante global de pensões seja igual ou inferior a 1,5 vezes o valor do Indexante de Apoios Sociais, ou seja, até cerca de 650 euros.

O complemento extraordinário é aplicável aos beneficiários de pensões mínimas com data de início de reforma entre janeiro de 2017 e dezembro de 2018 e abrange pensões mínimas de invalidez, velhice e sobrevivência, tanto da Segurança Social como da Caixa Geral de Aposentações.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.