preco-das-casas-sobe-ao-dobro-do-ritmo-da-uniao-europeia

Notícias

Preço das casas sobe ao dobro do ritmo da União Europeia

1 min. 24.06.2019

Entre 2013 e 2018, o custo de aquisição dos imóveis em Portugal cresceu perto de 40%. Já na União Europeia, o aumento médio não chegou sequer aos 20%.

Os últimos números do Eurostat comprovam que Portugal está no topo da tabela europeia no que toca ao aumento do custo da habitação.

Esta semana, o instituto europeu de estatísticas revelou que Portugal foi o país da União Europeia (UE) onde os preços das casas mais subiram em 2018, com uma variação de 10,3%. Um valor que representa mais do dobro do registado no conjunto da UE, onde o aumento foi de 4,4%.

Mas não foi só em 2018 que os preços das casas dos portugueses subiram duas vezes mais face à média registada na União a 28. Em toda a Europa, o aumento começou a ser visível em 2013, um ano antes da saída da troika. Entre 2013 e 2018, os imóveis em Portugal ficaram 38,6% mais caros, segundo revela hoje revela uma análise do JN/Dinheiro Vivo aos números do Eurostat.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.