famalicao-celebra-hoje-34-anos-de-cidade

Notícias

Famalicão celebra hoje 34 anos de cidade

2 min. 09.07.2019

Passadas mais de três décadas sobre a atribuição do título de cidade, decidido em 1985 pela Assembleia da República, Famalicão celebra este acontecimento marcante que mudou completamente o seu destino e o das suas gentes. Neste âmbito, as comemorações do 34º aniversário de elevação a cidade têm o seu ponto alto hoje,  9 de julho, pelas 17h00, na Casa das Artes, com a tradicional sessão solene do Dia da Cidade, marcada pela atribuição dos galardões municipais.

Ao todo, este ano, serão distinguidas 24 personalidades e instituições famalicenses das mais diversas áreas, que contribuíram de forma relevante para a prossecução do bem comum e a valorização da identidade e do desenvolvimento do concelho.

O galardão mais alto – a Medalha de Honra do Município – será atribuído à juíza desembargadora Raquel Rego, a primeira e única mulher em Portugal a presidir a um Tribunal de Instância Superior. Raquel Rego é famalicense e em 2016 assumiu o cargo de presidente do Tribunal da Relação de Guimarães.

Entre as categorias a distinguir com as medalhas de mérito municipal – Benemerência, Cultural, Económico, Desportivo e Autárquico –, destaque para o domínio cultural, com 11 homenageados, onde sobressai a homenagem, a título póstumo, ao autor e historiador Amadeu Gonçalves, que dedicou a sua vida ao estudo da histórica local famalicense.

Entretanto, além da sessão solene, as comemorações do Dia da Cidade ficam ainda marcadas por outros momentos. Assim, ao longo do dia, no Parque de Sinçães, decorre o tradicional  sarau desportivo e piquenique sénior. Depois, às 17 horas, realiza-se a sessão solene, na Casa das Artes. No final, terá lugar o momento simbólico do cantar dos parabéns e do corte do bolo da cidade.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.