duas-estreias-tres-coproducoes-de-teatro-na-casa-das-artes

Notícias

Duas estreias, três coproduções de teatro na Casa das Artes

2 min. 19.10.2019

A programação teatral de novembro da Casa das Artes de Famalicão conta com uma programação intensa e com duas estreias, uma a abrir e outra a fechar o mês, a estas soma-se outra coprodução. A meio de novembro, o teatro municipal volta a acolher “Intimidade Indecente” de Leilah Assumpção, uma peça que surge em reposição 15 anos depois de ter registado um assinalável sucesso. 

A primeira estreia acontece nos dias 7, 8 e 9 de novembro, sempre às 21h30, no Grande Auditório, com “Fronteira”, uma coprodução Teatro da Didascália, Casa das Artes de Famalicão e Leme - festival de circo contemporâneo e criação artística em espaços não convencionais.

Este espetáculo, para maiores de 12 anos de idade e com cerca de 60 minutos, tem entrada a 8 euros. Estudantes e Cartão Quadrilátero Cultural pagam 4 euros.

Nos dias 14, 15, 16 e 17 de novembro, surge a reposição de “Intimidade Indecente”, numa encenação de Guilherme Leme Garcia e interpretação de Vera Holtz e de Marcos Caruso.

O bom teatro do Brasil é um espetáculo de 90 minutos sem intervalo, aconselhado para maiores de 14 anos de idade e com um ingresso de 20 euros. Com o Cartão Quadrilátero Cultural a entrada custa 10 euros.

Nos dias 23 e 24 de novembro, “Os velhos não vão de férias” é uma coprodução Fértil Cultural, Casa das Artes de Famalicão e Teatro Diogo Bernardes que subirá ao palco do Grande Auditório às 21h30 e às 17h00, nos dias 23 e 24, respetivamente.

Em termos de espetáculos de Teatro, novembro encerra com a estreia de “A Pátria”, uma coprodução entre A Turma e a Casa das Artes de Famalicão, nos dias 29 e 30 de novembro, às 21h30, no Grande Auditório. A entrada custa 8 euros. Estudantes e Cartão Quadrilátero Cultural pagam 4 euros.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.