designer-de-braga-vence-maratona-fotografica-de-famalicao

Notícias

Designer de Braga vence Maratona Fotográfica de Famalicão

2 min. 11.11.2019

Decorreu no passado sábado, na Casa do Território, a entrega de prémios da 8ª edição da Maratona Fotográfica de Famalicão, promovida pela Associação Caixa de Imagens (ACI). A grande vencedora, Ângela Oliveira, tem 26 anos e é natural de Braga. Esta foi a sua segunda participação na Maratona que lhe valeu o primeiro lugar.

“Jamais esperaria ficar em primeiro. Foi um momento único, que tão bem me trouxe, a mim e à paixão por fotografar”, referiu a vencedora que levou para casa 300 euros.

Este ano houve novidades na atribuição dos prémios. A ACI premiou três lugares e quatro menções honrosas, ao invés de haver somente um vencedor e oito menções honrosas.

Assim, o segundo classificado foi Carlos Cardoso, natural de Famalicão, que recebeu o prémio de 200 euros. Em terceiro lugar, com o prémio de 100 euros, ficou Hélder Barbedo, natural de Braga. Natália Santos, Lara Maia, Luís Costa e Susana Silva venceram as menções honrosas desta edição.

Na abertura da cerimónia, o presidente da ACI, Manuel Lima, realçou o facto de terem sido “apresentados trabalhos de muita qualidade”. “Apesar das condições meteorológicas que tivemos sujeitos este ano no dia da maratona, recebemos fotografias de elevada qualidade. E estes são os desafios da fotografia e dos fotógrafos”, afirmou.

Da mesma opinião foi presidente do júri, Carlos Cardoso, que parabelizou todos os participantes pelos excelentes trabalhos apresentados. Carlos Cardoso aproveitou ainda para parabelizar a ACI que “dentro de dois anos organiza a 10ª edição desta maratona”. “É notável a evolução quer da fotografia quer da cidade de Famalicão” sublinhou

Presente na cerimónia esteve também o vereador da Cultura da Câmara de Famalicão, Leonel Rocha, que se mostrou bastante satisfeito por esta iniciativa elevar a cultura no Município. “A fotografia nem sempre é valorizada como deveria. E a ACI veio colmatar essa lacuna. A cultura em Famalicão fica mais rica quando a complementamos, e a prova disso é podermos levar estas fotografias para os museus e demais localidades”, afirmou.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.