oe2020-marcelo-aconselha-aprovacao-pela-maioria-numerica-a-esquerda

Notícias

OE2020: Marcelo aconselha aprovação pela "maioria numérica" à esquerda

2 min. 25.12.2019

Em entrevista à LUSA, em plena véspera de Natal, em visita à Casa dos Marcos, da Raríssimas - Associação Nacional de Deficiências Mentais e Raras, Marcelo Rebelo de Sousa voltou a abordar o Orçamento do Estado.
O Presidente salientou não ter dúvidas sobre a viabilização do novo orçamento e desaconselhou "soluções pontuais", insistindo que é preferível a sua aprovação pela "maioria numérica" à esquerda.

"Se porventura houver o encontrar soluções pontuais para o Orçamento e depois para lei a lei, isso traz um grau de imprevisibilidade maior ao sistema. Ora, a grande vantagem dos últimos quatro anos - e com uma opção que não correspondia à minha área ideológica - foi haver um rumo mais ou menos definido e constante para uma legislatura", defendeu.

O chefe de Estado acrescentou que "isso é bom para a economia, é bom para as finanças, é bom para as relações e para a projeção internacional", concluindo: "Se for possível, é o que é natural. Se não for, é evidente que há outras soluções para viabilizar o Orçamento. Isso já toda a gente percebeu que existem e que estão disponíveis".

Uma aprovação do Orçamento do Estado pela "maioria numérica" composta pelo PS e os partidos à sua esquerda, "além de ser natural", tem as vantagens de "impedir soluções pontuais negociadas caso a caso, que são sempre menos estáveis", e de "permitir uma clareza dentro do sistema político português", argumentou.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
Auchan 250

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.