paulo-cunha-lidera-lista-ao-congresso-nacional-do-psd

Notícias

Paulo Cunha lidera lista ao Congresso Nacional do PSD

2 min. 09.02.2020

O famalicense Paulo Cunha, líder da concelhia do PSD, encabeça uma das listas que a Mesa do Congresso social-democrata recebeu. São, ao todo, dez listas ao Conselho Nacional, mais duas do que há dois anos, e quatro ao Conselho de Jurisdição Nacional.

Ao Conselho Nacional, concorrem a lista da direção, encabeçada por Paulo Rangel, seguindo-se uma liderada por Paulo Cunha, presidente da Câmara de Famalicão, que conta com o apoio de Luís Montenegro, e que, segundo avançam alguns meios de comunicação, terá boas perspetivas de ser a segunda lista mais votada, depois de, alegadamente, centenas de militantes se terem reunido num restaurante, em Viana, onde decorre o congresso, numa manifestação de apoio.

Esse almoço realizado com apoiantes de Montenegro levou mesmo a que o antigo ministro do Governo de Passos Coelho, Miguel Poiares Maduro, questionasse os apoiantes de Montenegro se estes andaram “a conspirar”.

O deputado de Barcelos, Carlos Eduardo Reis, encabeça outra lista – há dois anos a sua foi a segunda lista mais votada -, tal como Joaquim Biancard da Cruz, numa lista que integra o deputado Duarte Marques e eurodeputada Lídia Pereira.

Outra é encabeçada pelo líder da distrital de Setúbal, Bruno Vitorino, que apoiou Miguel Pinto Luz nas últimas diretas.

Uma lista “sub-35”, liderada pelo presidente da JSD de Coimbra José Miguel Ferreira, outra por Tiago Sá Carneiro, que apoiou Miguel Pinto Luz, uma encabeçada pelo antigo líder da distrital de Setúbal Luís Rodrigues, outra pelo militante de Guimarães Alexandre Barros da Cunha e ainda outra por Maria José Cruz, das Mulheres Sociais-Democratas de Lisboa, completam o leque de dez listas ao órgão máximo do partido entre congressos.

Ao Conselho de Jurisdição Nacional concorrem quatro listas: a da direção, encabeçada pelo vice-presidente da Assembleia da República Fernando Negrão, outras duas lideradas por Paulo Colaço e por José Miguel Bettencourt, que integraram este órgão no último mandato, e outra por Ricardo Sousa, do PSD/Paredes.

Há dois anos, concorreram oito listas ao Conselho Nacional – Rio construiu uma lista de unidade com o candidato derrotado Pedro Santana Lopes, que conseguiu 34 dos 70 eleitos deste órgão.

As votações abriram às 09h00. 

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
Auchan 250

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.