gnr-regressa-ao-mar-egeu-para-salvaguardar-vidas-no-mar

Notícias

GNR regressa ao Mar Egeu para salvaguardar vidas no mar

1 min. 18.02.2020

Foi no passado dia 14 de favereiro que a GNR iniciou ações de vigilância e patrulhamento do Mar Egeu, nomeadamente na ilha de Samos  (Grécia(, integrando a Operação “Poseidon Sea 2020”, no âmbito das missões da Agência Europeia da Guarda de Fronteiras e Costeira (FRONTEX).

O objetivo é prevenir, detetar e fazer cessar ilícitos relacionados com a migração ilegal, o tráfico de seres humanos e o tráfico de droga, contribuindo assim para a salvaguarda de vidas humanas no mar.

A embarcação da GNR, de nome “Mar Egeu”, é constituída por 14 militares, que estarão em missão até ao dia 26 de janeiro de 2021.

Durante o ano de 2020, serão um total de 149 destacados pela GNR para fazer face às diferentes missões e tarefas na FRONTEX, em países como a Bulgária, Espanha, Grécia, Hungria, Itália, Polónia e Roménia. 

Além da evidente tarefa de vigilância marítima, os militares portugueses, com formação em Investigação Crimina, desempenharão tarefas de tratamento de dados pessoais, para efeitos de registo e asilo de migrantes, verificação e controlo de viaturas suspeitas em zonas de fronteira e processamento de informação policial e criminal.

No ano de 2019, estas missões resultaram em cerca de 3 mil migrantes auxiliados, dos quais 763 foram resgatados de 225 embarcações detetadas, mais de 20 mil veículos fiscalizados e ainda cerca de 35 000 pessoas controladas, tendo sido impedidas 204 entradas ilegais no espaço Schengen.

1 / 0
Auchan 250
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.