atp-alerta-para-o-impacto-de-covid-19-nos-setores-textil-e-vestuario

Notícias

ATP alerta para o impacto de Covid-19 nos setores têxtil e vestuário

3 min. 26.03.2020

A direção da Associação Têxtil e Vestuário de Portugal (ATP), em comunicado enviado à imprensa, mostra a preocupação face ao impacto da pandemia de Covid-19 no setor Têxtil e Vestuário.

Num inquérito realizado, a associação chegou à conclusão que 59% das empresas inquiridas estão a aguardar uma redução superior de 50% no seu volume de negócios, já no mês de abril e 26% estão a prever um decréscimo entre 30% a 50%.

“Com 82% das exportações de têxteis e vestuário em Portugal destinadas ao mercado europeu e os restantes 18% exportados para o mercado extraeuropeu, a indústria têxtil e vestuário e os 7.7 mil milhões euros por ano por ela gerados encontram-se agora fortemente ameaçados”, apresenta o comunicado. A associação ainda revela que “o sector se depara com sucessivos adiamentos e cancelamento de encomendas por parte dos clientes que, em alguns casos, não chegam a pagar encomendas já recebidas”.

Assim, a ATP pede, com urgência, a regulamentação do processo de aplicação do lay-off simplificado, apresentando regras diferentes daquelas que estão atualmente previstas para garantir a sua eficácia:

- O período de demonstração de quebra de rendimentos da empresa tem de ser o mais curto possível.

- A demonstração da quebra tem que poder ser feita através da evidenciação simples de que não há encomendas futuras.

Impõe-se também uma atuação a outros níveis:

 - Respeitante ao mecanismo entre bancos e o Banco de Portugal, solicita-se a moratória dos pagamentos devidos e sem registo de incumprimento, bem como a diluição ao longo de quatro ou cinco anos do correspondente pagamento, para evitar o estrangulamento de tesouraria no momento da retoma da atividade.

- Garantir que as linhas de crédito criadas serão de facto utilizadas sem o aproveitamento por parte dos bancos, com especial atenção às taxas e comissões praticadas.

- O financiamento previsto terá de facto de chegar às empresas que realmente precisam.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
Auchan 250

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.