covid-19-adse-comparticipa-duas-teleconsultas-por-mes

Notícias

Covid-19: ADSE comparticipa duas teleconsultas por mês

1 min. 07.04.2020

A ADSE vai comparticipar teleconsultas aos seus beneficiários, começando no dia 9 de abril e prolongando-se até data ainda a definir. Esta medida foi anunciada, esta terça-feira, pelo Governo.

"A ADSE vai suportar duas consultas à distância por mês a cada beneficiário no regime convencionado”, pode ler-se num comunicado do Ministério da Modernização do Estado e da Administração Pública. O custo da teleconsulta é “igual ao da consulta presencial”, onde são aplicados “os mesmos valores de financiamento tanto pela ADSE como pelo beneficiário”.

Esta medida é aplicável para situações clínicas onde “não permita aguardar pelo fim do período de contingência e não seja enquadrável numa situação de urgência médica presencial”.

Para efetuar a teleconsulta, o beneficiário, deve pedir o agendamento juntos dos hospitais e preencher um formulário criado para a situação. De seguida, o prestador terá de “enviar email ou SMS ao beneficiário a confirmar que efetuou a faturação da teleconsulta, tendo o beneficiário sete dias corridos para proceder à respetiva confirmação na área autenticada da ADSE Direta”. Só desta forma é que a ADS fará a comparticipação.

Os prestadores têm, a partir de quinta-feira, de indicar a vontade de aderir À modalidade no site da ADSE Direta, “pedindo os respetivos códigos e preenchendo o formulário disponível”.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
Auchan 250

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.