autores-do-beija-cruz-em-barcelos-identificados-pela-gnr

Notícias

Autores do “beija-cruz” em Barcelos identificados pela GNR

2 min. 13.04.2020

A Guarda Nacional Republicana (GNR) já identificou os obreiros do “beija-cruz”, em Martim, Barcelos. Segundo o jornal O Minho, fonte oficial da força de segurança assegurou que levantou um auto de notícia e que o processo vai seguir para tribunal.

Os autores agora podem incorrer em crimes de desobediência ou propagação de doença contagiosa, onde podem ser condenados, segundo o código penal, de dois a oito anos de prisão.

O presidente da Junta de Martim, António Carvalho, também já reagiu ao sucedido. O autarca mostrou-se “totalmente chocado e indignado” com a situação. Em declarações ao jornal O Minho, António Carvalho revelou que foi um acontecimento pontual “numa família, numa rua, não foi uma situação generalizada na freguesia, nem coisa que se pareça”.

“Vamos querer apurar responsabilidades, como é óbvio, estas coisas não podem acontecer, é completamente inadmissível”, acrescentou à mesma fonte.

Por fim, o presidente da junta afirmou que “a freguesia tem acatado todas as instruções dadas pelas autoridades”. “Em Martim, as pessoas cumprem as normas e isto é completamente fora do contexto geral”, concluiu.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
Auchan 250

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.