famalicao-homem-que-alvejou-irmao-acusado-de-tentativa-de-homicidio

Notícias

Famalicão: homem que alvejou irmão acusado de tentativa de homicídio

2 min. 21.04.2020

O Ministério Público (MP) acusou de dois crimes de homicídio, na forma tentada, um homem que em setembro de 2019 disparou sobre um irmão e um cunhado, em Famalicão, alegadamente por causa de partilhas.

Em nota publicada esta segunda-feira na sua página, a Procuradoria-Geral Distrital do Porto acrescenta que o arguido, de 31 anos, é ainda acusado de detenção de arma proibida.

O MP considerou indiciado que o arguido, um irmão e uma irmã mantinham entre si divergências motivadas pela exploração de um restaurante, em Calendário, que o primeiro assumira no âmbito de partilhas.

Nesse contexto, no dia 30 de setembro de 2019, pelas 15h00, em plena via pública, em Famalicão, o arguido “alvejou o irmão com dois tiros de uma pistola que trazia consigo, disparando a primeira vez quando aquele acabava de se sentar ao volante do veículo automóvel”, lê-se na acusação. Já o segundo disparo terá acontecido quando a vítima fugia.

Ainda segundo o MP, o arguido dirigiu-se de seguida ao restaurante, onde encontrou o marido da irmã, sentado na esplanada. “Anunciou-lhe que o ia furar, posto o que empunhou a pistola e disparou por duas vezes na sua direção, enquanto o mesmo fugia em direção ao interior do estabelecimento para se proteger”, acrescenta a acusação.

Para o MP, o arguido “não logrou, por razões alheias à sua vontade, atingir nenhum dos familiares que visou”.

Recorde-se que o homem foi detido pela Polícia Judiciária, algumas horas após o sucedido, já na madrugada do dia 1 de outubro. Está a aguardar julgamento em prisão domiciliária.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
Auchan 250

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.