conheca-as-recomendacoes-da-act-para-voltar-ao-trabalho-em-seguranca

Notícias

Conheça as recomendações da ACT para voltar ao trabalho em segurança

2 min. 28.04.2020

A Autoridade para as Condições no trabalho (ACT) identificou um conjunto de medidas que deverão ser tomadas para um regresso ao trabalho com segurança, enquanto a pandemia de Covid-19 ainda está presente. 

inspectora-geral do Trabalho, Luísa Guimarães, explica que devem ser criadas um conjunto de “medidas gerais e de medidas específicas” adequadas ao funcionamento e necessidades de casa empresa. 

Os conselhos da ACT passam por sensibilizar os trabalhadores a ficarem em casa, caso apresentem algum sintoma identificado como comum de Covid-19, de modo a se protegerem a si próprios e aos outros. Por outro lado, alerta ainda às entidades empregadoras que promovam o teletrabalho sempre que possível, mesmo que seja necessária uma flexibilização de tarefas para que isso aconteça. 

A ACT apela  às empresas que disponibilizem equipamentos de proteção individual para os trabalhadores, que reduzam ao máximo os contactos entre os trabalhadores, clientes e fornecedores e ainda que assegurem uma boa ventilação e higiene do local de trabalho. 

A entidade considera ainda ser responsabilidade das empresas limitar os contactos entre trabalhadores durante as pausas no trabalho, tal como na hora de almoço ou lanche. 

Também as viagens em trabalho e viaturas da empresa devem ser desinfetadas e utilizadas pelo mínimo de pessoas. 

A ACT também atribui alguns deveres aos trabalhadores que devem ter um papel ativo na prevenção e mitigação da pandemia COVID-19 nos locais de trabalho. 

O diálogo social permanente e a todos os níveis é de particular importância neste contexto, pelo que é considerada boa prática o reforço da informação e consulta dos trabalhadores e, sempre que existam, das suas estruturas representativas. 

 

 

 

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
Auchan 250

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.