covid-19-autarquias-algarvias-ponderam-contratar-vigilancia-privada

Notícias

Covid-19: autarquias algarvias ponderam contratar vigilância privada

1 min. 09.05.2020

As autarquias algarvias estão preocupadas com a grande afluência de pessoas às praias do Sul, durante a época balnear, que começa já no próximo dia 1 de junho, revela o jornal Público. 

Com o Governo ainda a articular processos de restrição no acesso às praias, as autarquias mostram interesse em contratar vigilância privada para as suas praias, de forma a ter um maior controlo e cumprimento das normas da Direção Geral de Saúde. 

“A questão da [vigilância privada] foi colocada em cima da mesa. É um assunto que não está fechado”, disse a presidente da Câmara de Portimão, Isilda Gomes. Os colaboradores de segurança privados, diz, “terão um papel apenas dissuasor, cabendo, naturalmente, o policiamento à Autoridade Marítima”, acrescenta. 

A responsável lembra ainda que "cada praia tem uma capacidade de carga. Temos vindo a falar com a Agência Portuguesa do Ambiente para saber se é possível criar uma aplicação que nos permita avaliar o número aproximado de utentes”. 

Um dos problemas em cima da mesa são as praias não-vigiadas, onde o acesso poderá ser feito sem restrições. É um assunto que ainda está a ser debatido, de forma a encontrar soluções viáveis para impedir o seu acesso por parte dos banhistas que podem ver nestas praias uma solução para as suas férias. 

1 / 0
Auchan 250
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.