ps-de-famalicao-acusa-camara-de-distribuir-mascaras-nao-certificadas

Notícias

PS de Famalicão acusa Câmara de distribuir máscaras não certificadas

2 min. 25.05.2020

O Partido Socialista (PS) de Famalicão acusou a Câmara Municipal de distribuir máscaras não certificadas pelos funcionários municipais. Num comunicado enviado à imprensa, a concelhia famalicense referiu que tomou conhecimento da informação na reunião de câmara, explicando que “as máscaras entregues aos funcionários foram oferecidas por empresas ao Município, num momento anterior à obrigatoriedade de utilização de máscaras, não tendo sido possível proceder à substituição das mesmas desde então”.

O partido finaliza, lamentando o facto de “a Câmara ainda não tenha corrigido o erro, causado, inadvertidamente, pelos responsáveis autárquicos, colocando a saúde pública em perigo”.

Entretanto, a Câmara Municipal de Famalicão já respondeu ao comunicado do PS. Numa nota enviada à imprensa, a vereadora da Saúde Pública do município, Sofia Fernandes, explicou a forma como as máscaras foram distribuídas.

“No período de emergência nacional, a Câmara Municipal adquiriu no dia 24 de março um conjunto de máscaras comunitárias para proteção dos seus funcionários que foram distribuídas e utilizadas nessa mesma semana.  Nessa altura, não existia o conceito de máscaras não certificadas. Quando, a partir de meados de abril, o Governo definiu a obrigatoriedade de certificação deste tipo de equipamento, a Câmara teve o cuidado de adquirir e distribuir apenas máscaras certificadas pelo CITEVE”, referiu.

A vereadora acrescentou ainda que “todas as máscaras disponibilizadas desde essa altura, inclusivamente as mais de 130 mil máscaras oferecidas aos famalicenses, têm garantia de certificação de qualidade por parte do CITEVE”, concluiu.

1 / 0
Auchan 250
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.