arcos-valdevez-criancas-com-helices-na-cabeca-para-cumprir-distancia

Notícias

Arcos Valdevez: crianças com hélices na cabeça para cumprir distância

2 min. 02.06.2020

Esta foi a solução encontrada pela Câmara Municipal de Arcos de Valdevez no regresso das crianças ao ensino pré-escolar. A autarquia ofereceu às crianças chapéus com uma hélice com o objetivo de, de forma lúdica, manterem o distanciamento entre si. Mas a medida não é consensual e tem recebido críticas na página de Facebook daquele município do Alto Minho.

No total, são 380 chapéus, intitulados “Estamos de Volta”, que foram entregues pelo município arcuense na segunda-feira, dia em que o pré-escolar voltou a funcionar.

Segundo a Câmara, numa publicação na sua página de Facebook, trata-se de “uma alegre “hélice” de 1.20m que funciona com uma sugestão amiga de afastamento”.

“O kit é composto por 7 peças em polipropileno colorido e pode ser montado pelas próprias crianças, resultando num elemento de grande originalidade e cariz pedagógico”, acrescenta.

Contudo, na página de Facebook do município a medida não deixou de ser alvo de crítica. “Ridículo, inaceitável, vergonhoso. Péssima interpretação das orientações da DGS e Ministério da Educação”, refere uma utilizadora.

Mas há também quem defenda: “acho que este utensílio (chapéu, hélice, brinquedo ou o que lhe queiramos chamar) pode funcionar como uma forma de ajudar as crianças a compreenderem o conceito de distanciamento social a que certamente assistem no espaço público e até nos seus contextos de convívios familiares alargados”, considera outra utilizadora.

arcos 2

De resto, a ideia não é original e foi usada em abril em algumas escolas chinesas, quando as aulas recomeçaram.

Fotos: Facebook do Município de Arcos de Valdevez

1 / 0
Auchan 250
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.