casa-das-artes-desafia-familias-a-fazer-de-famalicao-a-cidade-orizuro

Notícias

Casa das Artes desafia famílias a fazer de Famalicão a Cidade Orizuro

2 min. 05.06.2020

A Casa das Artes de Famalicão lança um desafio às famílias de todo o concelho, especialmente às crianças: transformar Vila Nova de Famalicão na Cidade Orizuro. Durante cerca de dois meses, todos são chamados a criar em suas casas bandos de pássaros de papel e a colocá-los à janela de casa, complementando a dinâmica criada pelo arco-íris, durante o período de confinamento gerado pela pandemia Covid-19.

Esses pássaros executados com recurso à técnica de dobragem japonesa origami migrarão depois para os espaços verdes da cidade, um momento, que posteriormente será anunciado e que será celebrativo e comunitário, cumprindo a missão da Casa das Artes de fomento à criação artística, do apoio aos artistas e do envolvimento da comunidade, concretamente, através do programa Casa das Artes Envolvente.

Para ajudar todos a saber como fazer os orizuros, está disponível um tutorial, passo a passo, em vídeo, nas redes sociais da Casa das Artes (Facebook, Instagram e Youtube).

Quando as famílias tiverem os seus pássaros feitos, são convidadas a enviar fotos das suas criações colocadas à janela para o email: [email protected] , que partilhará a todos a beleza das criações realizadas.

Desde há vários anos que a Casa das Artes de Famalicão, em coprodução com a Companhia de Música Teatral (CMT), desenvolve o projeto “Orizuro” qu,e através de modelos inovadores de formação de profissionais e de intervenção junto da comunidade escolar, implementou um conjunto de boas práticas artísticas para a infância aprofundando a relação entre a CMT a Casa das Artes e a intervenção educativa do Município.

Orizuro 1

Neste momento, aproveitando os condicionalismos e, sobretudo, as dinâmicas geradas pelo confinamento da pandemia COVID-19, surge a ideia de levar o projeto “Orizuro” à casa de todas as famílias famalicenses. 

Refira-se que o nome do projeto deriva do origami “Orizuru” – que na cultura tradicional do Japão é um símbolo de felicidade e paz – inspirou este projeto que visa ajudar a olhar e a escutar o mundo de forma poética desde a primeira infância.

1 / 0
Auchan 250
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.