pan-questiona-camara-de-famalicao-sobre-plano-de-remocao-de-amianto

Notícias

PAN questiona Câmara de Famalicão sobre plano de remoção de amianto

2 min. 26.06.2020

A Comissão Política Concelhia do PAN (Pessoas-Animais-Natureza), questionou a Câmara Municipal de Famalicão sobre o plano de calendarização das intervenções com vista à remoção de estruturas constituídas por placas de fibrocimento, com amianto na sua composição, e a identificação das respetivas prioridades de intervenção.

Recorde-se que o despacho n.º 6573-A/2020 identificou os equipamentos escolares para intervenções de remoção e substituição do amianto, sendo que no concelho de Famalicão a Escola Básica Conde de Arnoso, a Escola Básica D. Maria II, a Escola Básica Dr. Nuno Simões e a Escola Básica Júlio Brandão fazem parte da lista de escolas que deverão ser objeto de obras.

Assim, e tal como é avançado em nota enviada à imprensa, Sandra Pimenta, porta-voz da concelhia defende “que se torna imperioso que a Câmara Municipal proceda às diligências necessárias para a remoção do amianto de forma célere” acrescentando que “não podemos continuar a ignorar os riscos associados ao amianto e a adiar estas intervenções.” 

Para o PAN torna-se igualmente importante a identificação do local de deposição dos resíduos, pois, “lamentavelmente, temos assistido a deposições indevidas destes materiais em locais que colocam em causa a saúde humana e o ambiente”.

De acordo com a Direcção-Geral da Saúde, as diferentes variedades de amianto são agentes cancerígenos, devendo a exposição a qualquer tipo de fibra de amianto ser reduzida ao mínimo. As doenças associadas ao amianto são, em regra, resultantes da exposição profissional, em que houve inalação das fibras respiráveis. Estas fibras microscópicas podem depositar-se nos pulmões e aí permanecer por muitos anos, podendo vir a provocar doenças, vários anos ou décadas mais tarde.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
Auchan 250

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.