20-anos-de-cadeia-para-homem-que-matou-ex-mulher-a-facada-em-braga

Notícias

20 anos de cadeia para homem que matou ex-mulher à facada em Braga

1 min. 17.07.2020

O homem (João Paulo Monteiro) que matou a ex-mulher (Gabriela Monteiro) com 18 facadas em setembro do ano passado, na Praça da Justiça, em Braga, foi condenado a 20 anos de cadeia, decretou hoje o Tribunal. Fica ainda condenado a pagar 165 mil euros aos filhos da vítima, avança "O Minho".

Segundo é avançado o juíz, na leitura da sentença, referiu que “serve para refletir sobre todo o mal que causou, não só à mulher, mas a toda a família, sobretudo aos filhos de Gabriela”.

O MP considerou indiciado que o crime decorreu do facto de o arguido nunca ter aceitado o divórcio, registado em julho de 2019.

Os factos ocorreram em 18 de setembro, pelas 22h00, quando a mulher compareceu na Travessa da Praça da Justiça, em Braga, para se encontrar com o arguido, acedendo ao pedido que este lhe fizera.

Segundo a acusação, no decurso do encontro, o arguido, “que nunca aceitara a separação e tentara sem sucesso o reatamento, iniciou uma discussão com a vítima”, acabando por esfaqueá-la, “pelo menos 18 vezes”, com uma navalha, na cabeça, pescoço, tórax e membro superior esquerdo, matando-a”.

Após o crime, que ocorreu na praça fronteira ao Tribunal, foi-se entregar numa esquadra da PSP situada a 100 metros do local.

A morte de Gabriela, de 46 anos, que era funcionária no Theatro Circo, em Braga, causou uma grande onde de pesar na cidade, que lhe prestou homenagem, com mais de 500 pessoas em vigília silenciosa às portas do local onde trabalhava, em pleno centro histórico da cidade.

1 / 0
Auchan 250
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

famatv-logo

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.