bombeiros-famalicenses-ajudaram-a-combater-incendio-em-ponte-de-lima

Notícias

Bombeiros Famalicenses ajudaram a combater incêndio em Ponte de Lima

2 min. 26.07.2020

Um incêndio “de grande intensidade” e com três frentes no concelho de Ponte de Lima “está neste momento dominado”, disse à Lusa esta madrugada o comandante Carlos Pereira, do Comando Nacional de Emergência e Proteção Civil.

A corporação dos Bombeiros Voluntários Famalicenses também ajudou no combate às chamas, deste incêndio que começou ontem de manhã (na foto).

“Felizmente [os fogos] no distrito de Viana do Castelo ficaram dominados”, um cerca da 01:00, perto da localidade de Urtiqueira, e outro, na freguesia de Facha, cerca das 02:30, disse à Lusa o comandante. No local ainda permanecem 347 operacionais, apoiados por 103 veículos, de acordo com a informação divulgada no portal da Proteção Civil.

O fogo começou em Fojo Lobal e o alerta foi registado cerca das 10:45, tendo-se propagado a freguesias vizinhas como Facha, Cabaços e Vitorino de Piães.

Entretanto, o presidente da câmara de Ponte de Lima, Vítor Mendes, apelou ontem à intervenção do Ministério da Administração Interna (MAI) e da Polícia Judiciária por suspeitar da quantidade de fogos que atingiram o concelho nos últimos dias.

“Andamos há duas semanas com incêndios todos os dias em zonas dispares. Temos assistido a quatro ou cinco incêndios por dia, num total de 38 incêndios. É uma situação incomportável. Não há recursos em quantidade suficiente e apesar do empenho de todos estamos a chegar a uma situação limite”, disse à agência Lusa o presidente da câmara de Ponte de Lima, Vítor Mendes.

Questionado sobre se suspeita de mão criminosa, o autarca foi direto ao afirmar que sim e contou que já pediu a intervenção do MAI e que recebeu uma mensagem do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que manifestou “solidariedade e preocupação”.

 

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
Auchan 250

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.