saneamento-ps-famalicao-acusa-camara-de-andar-de-promessa-em-promessa

Notícias

Saneamento: PS Famalicão acusa Câmara de andar de promessa em promessa

2 min. 27.07.2020

O Partido Socialista de Famalicão considera positivo o investimento na rede de saneamento básico aprovado na última reunião de Câmara Municipal, contudo, lamenta o facto de, “mais uma vez, os famalicenses não serem considerados como preocupação máxima” do presidente Paulo Cunha e dos vereadores que o apoiam.

Em nota à imprensa, Eduardo Oliveira, líder da Concelhia do PS, lembra que, em 2005 Armindo Costa “afirmava que até 2015 o concelho de Famalicão teria cobertura de saneamento básico a 100% e que, em 2013, Paulo Cunha, ainda como candidato a presidente da Câmara Municipal, assumiu mesmo compromisso. 

O líder socialista acusa assim a maioria PSD/CDS-PP que governa a autarquia de andar “de promessa em promessa” nesta matéria, algo que agora se volta a repetir.

“Em maio de 2019, o mesmo Dr. Paulo Cunha, presidente da Câmara Municipal, anunciou um investimento em saneamento básico, que permitiria uma cobertura de 90% do concelho. Em julho de 2020, o presidente da Câmara, Dr. Paulo Cunha, anuncia, mais uma vez, cinco anos após a promessa feita, um investimento em saneamento básico que aumentará a cobertura de rede de 83% para 88%, ou seja, 12% abaixo do seu objetivo inicial e, ainda assim, inferior ao que prometeu um ano antes", afirma Eduardo Oliveira.

O dirigente socialista entende ainda que a aprovação deste investimento na rede de saneamento básico “vem no seguimento do apelo lançado, no início de julho, pelo PS F à Câmara Municipal, para a realização do investimento necessário para a cobertura total da rede de saneamento básico em todas as freguesias do concelho". E questiona se os famalicenses “terão de esperar mais uns anos para a concretização destas promessas”.

1 / 0
Auchan 250
Pub - Ulahlah - 250-1

Diário

opiniao-publica

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.