covid-19-atrasou-39-mil-cirurgias-dos-prazos-aceitaveis

Notícias

Covid-19 atrasou 39 mil cirurgias dos prazos aceitáveis

1 min. 17.08.2020

São cerca de 39 mil utentes que, devido à pandemia de Covid-19, viram as suas cirurgias adiadas fora dos tempos considerados aceitáveis pela legislação aprovada pelo próprio Estado, avança o jornal Público, esta manhã de segunda feira.

Para combater a situação, a Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS) afirma que a solução passa pelo "reagendamento da atividade assistencial não realizada devido à Covid-19", como está previsto num despacho de 7 de maio, e pela renegociação dos contratos com os hospitais, "estando previsto aumentar o incentivo financeiro a pagar às equipas pela realização de produção adicional interna".

A mesma entidade sublinha "55,7% dos doentes estavam em junho dentro dos tempos máximos de resposta garantidos no acesso a cuidados de saúde no Serviço Nacional de Saúde" o que corresponde a "menos 13,6 pontos percentuais, cerca de 39 mil doentes, que em fevereiro - o mês antes da chegada da pandemia a Portugal".

"Os hospitais do SNS têm vindo a promover a correção gradual da situação e estão a realizar o esforço necessário para cumprir o objetivo de melhorar o acesso ao Serviço Nacional de Saúde", acrescenta a ACSS.

 

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
Auchan 250

Diário

famatv-logo

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.